Tempestade

No escuro céu noturno
Coberto por grossas nuvens
Nem a lua nem as estrelas iluminam o caminho
A tempestade cai

Apenas as luzes dos raios
Que correm no caos tempestuoso
As gotas caem como pedra
Rápidas e violentas contra o chão

Os ventos chacoalham as árvores
Entortando-as
Dobrando-as
Quebrando-as

Não há sutileza
Apenas violência
E no céu só as luzes de relâmpagos
Rasgando o paraíso

A fúria de uma tempestade
Passageira mais assustadora
E no fim o silêncio sombrio
Um silêncio de devastação

A chuva passou
As nuvens se foram
E o sol logo aparecerá
E tudo começa de novo

Se gostou desse post, compartilhe com seus amigos em suas redes sociais  ajude o blog a crescer.

Confira minhas atualizações no Twitter em :@lyncon_moreira

Conheça a página do blog em : Electronic Maze- a página

Hey ! Comente aqui o que achou dessa obra !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.