Regras

Menina se distrai com fogos explodindo na paisagem de sua janela

Meninos e meninasÉ hora de se libertaremÉ hora de quebrar as regras É agoraEstá é a horaNinguém está esperandoOs peguem de surpresa Meninos e meninasVamos dançar e nos divertirSumir em nuvens de fumaçaSe esconder na luz É agoraEstá é a horaNinguém está esperandoVamos pega-los de surpresa Não há nada com o que se preocuparVamos quebrar … Continue lendo Regras

Programação de Janeiro no Blog e Ano novo

Olá, gostaria primeiro de desejar um feliz ano novo para todos os meus leitores, e que esse ano seja bem melhor que o anterior (até por que ser pior que 2020 vai ser difícil), e desejo a vocês toda sorte do mundo para seus planos. E para abrir bem o ano, gostaria de apresentar a … Continue lendo Programação de Janeiro no Blog e Ano novo

Dividas

Vivemos presos a nossas dividas Onde os zeros significam muito E as pequenas porcentagens se multiplicam

O ano em que o mundo parou

Uma rua de São Paulo vazia devido ao isolamento social

Os aviões ficaram no chãoE as pessoas em casaO ritmo da vida foi quebrado O mundo parouO mundo mudou As máscaras se tornaram uma proteçãoE o álcool gel uma necessidade Os cruzeiros ficaram em seus portosAs férias em casaCrianças sem escolaE sem a rua também Já dizem que o novo normal começouMas nada me parece … Continue lendo O ano em que o mundo parou

Rosas

Dried roses Esperava as rosasE delas recebeu apenas os espinhosPois as pétalas foram arrancadas aos gritosE jogadas ao mofo Dois corações tão abertosDois corações tão machucadosMesmo tão jovensParecem tão velhos O mar de rosas secouCom as pétalas sendo arrancadas uma a umaNum turbilhão de emoçõesEm tremores de alma São esses os terrores de que você … Continue lendo Rosas

A critica: Tempo desconjuntado

Capa do livro, imagem obtida através do Kindle (por isso em preto e branco) Escrito por Philip K. Dick, o livro conta a historia de Ragle Gumm, um homem que tem como "profissão" participar de um concurso semanal que um jornal local mantém, vivendo uma vida simples ao lado de sua irmã, cunhado e sobrinho. … Continue lendo A critica: Tempo desconjuntado